segunda-feira, 27 de junho de 2011

Entrevistas e Afins: Tribal Brasil

Nas minhas andanças achei alguns vídeos que falam um pouco sobre o Tribal e o Tribal Brasil. Dei preferência as pessoas que vou ter como base para fazer o documentário.

Matéria feita pela TV Correio, para o programa "Correio Espetacular".
repórter:Vanessa Braz
imagens:Alexandre Rolim
assistente de camera:Ribamar
edição: Rômulo Medeiros
produção:Kellyane Carvalho


Entrevista com Kilma no InterVersão

Realizada em fevereiro/2008.
Imagens do cinegrafista Lisboa, produção de Eloísa, repórter Fernanda.
Tv Cidade João Pessoa, Preograma InterVersão.
Participação de Cassiano, no solo de derbake.


Entrevista com Kilma Farias no Programa Master Esporte (TV Master) Canal 20 da NET será exibida neste sábado 11/08 às 10h da manhã e 14h.


Making off de trechos do programa Feminíssima que foi ao ar dia 01/02/2011 e recebeu a Cia Lunay para falar sobre Dança do Ventre e Tribal.
Enquanto Kilma fala sobre os dois estilos, Juliana Garcia dança com o véu e Jaqueline Lima dança Tribal Brasil.


Entrevista gravada no Studio da UFPB, abordando o Tribal Brasil, seu desenvolvimento, Caravana Tribal NE, Cia Lunay e a experiência pessoal de Kilma com o Tribal.
Música de abertura: Atlantis Riddim, de João Cassiano
Música da performance: Talilalilalilê, de Batucajé.
Agradecimento especial a Andréa Gisele, Thâmara, Diana Lima e a turma da UFPB que participou da gravação.


Resumo das 3 edições da Caravana Tribal Nordeste que aconteceram em João Pessoa-PB, Salvador-BA e Natal-RN.
A Caravana é um projeto itinerante coordenado por 4 grupos, Cia Lunay (PB), Kairós (BA), Cia Xamã (RN) e ATF (PE) que visa difundir o estilo Tribal Brasil, que vem sendo estudado e desenvolvido por Kilma Farias desde 2003.
Próxima edição da Caravana dias 27 e 28 de novembro de 2010.

***********************************

Scenes of the three editions of the Caravan Tribal Nordeste in João Pessoa-PB, Salvador-BA and Natal-RN.
The Caravan is a traveling project coordinated by four groups, Lunay Troupe (PB), Kairos (BA), Xamã Troupe (RN) and ATF (PE) which aims to disseminate the style Tribal Brazil, developed by Farias Kilma since 2003.
Next edition of the Caravana Tribal Nordeste: November 27-28, 2010 - Recife-PE.


=)

sábado, 25 de junho de 2011

O Papel do Orientador!

Meu Deeeeus, como sou burra! Juro pra você que pensei - como existe a disciplina "Estudos de Pesquisa em TCC/Mono" quem me orienta é o professor da disciplina, só quando estiver com o trabalho encaminhado irei "abusar" meu orientador! Nãããão! Como a pessoa pode pensar assim?! Alguém me explica?! Mas só agora uma semana pra entregar o pré projeto na coordenação, descobri que posso "aperriar" minha orientadora rsrsrs...
O papel do Orientador: 
“Compete ao orientador sugerir, propor, orientar e avaliar o trabalho para que atenda aos critérios da pesquisa científica e zele pela correção da língua portuguesa, desde a elaboração do projeto até a apresentação e a defesa do trabalho de conclusão de curso na área específica ou afim”.
Mas infelizmente, confeço que tenho grande culpa nessa história, afinal tô fazendo correndo, então prefiro mostrar tudo de uma vez só, quando estiver bonitinho, como já está, há menos de um mês atras não tinha nada escrito, então tive que correr atrás das referências, atrás de pessoas que pudessem me ajudar, e como é um TCC tive que acompanhar algumas apresentações de dança (que pra mim não é nenhum sacrificio, vou como o maior prazer...).
Enfim...
Abandonei o blog absurdamente. Claro, não tive tempo... Todo tempo precioso que tenho é para adiantar algo do pré projeto, e me dividir nas tarefas do cotidiano. Só passei por aqui para att o blog e relaxar um pouco. 
Tô como na ilustração...Rsrsrs...
Voltando a prática de TCC'er...

quinta-feira, 2 de junho de 2011

Escolhendo um Orientador...

A escolha do orientador é um ponto chave para o seu trabalho final dar um up ainda mais. Escolher o tema que você goste não é apenas garantia do sucesso, você precisa de uma forcinha de alguém com mais experiências e que tenha haver com a sua temática.

Há algum tempo venho me identificando com alguns professores, analisando curriculos, vendo em que áreas atuam. Em contraponto com o meu tema. Como mudei de tema, tive alguns "probleminhas" para escolher, mas já tinha certo na minha cabeça qual seria, bastava "eles aceitarem", e terem a disponibilidade.

Nesse semestre, cada professor só pode ter 5 orientandos, então tive que correr pra garantir a melhor (para mim, para meu trabalho, etc). Tinha em mente alguns, fiz uma escala de preferência. Bem maluco isso, mas é todo um processo pelo qual quem quer fazer algo legal tem que se submeter.

Alguns conhecidos que se formaram sempre reclamavam do orientador, ou que não fazia nada por ele, ou que foi "obrigado" a ser orientado por "tal" professor. Isso eu realmente não queria para mim. Imagina... você se estressar e ainda mais com um orientador que você nem gosta um "tiquinho"?!

Enfim, na última sexta-feira (27) eu fiquei morrendo de felicidade, porque consegui a orientadora que eu tanto queria. Aquela que você olha assim e diz: é essa! *-* [parece até um caso de amor... kkkkk...]

Enfim, consegui como orientadora a professora Agda Aquino que é...

 
"Jornalista com ênfase em telejornalismo, professora universitária e pesquisadora de moda. Tem Especialização em Redação Jornalística, é mestre em Estudos da Mídia e pesquisa a moda do jornalista de televisão. É colunista de moda do portal Paraíba1 e acredita que valorizar a beleza interior é o mais importante para ter estilo."

Estou cursando a segunda disciplina com ela, mas ela é do tipo de pessoa que te coloca pra cima, que manda você fazer realmente o que quer, o que gosta e tem um enorrrrme conhecimento em diversos campos da comunicação.

Concurso Urgente na #UFPB 

Os alunos (desestimulados e desencaminhados) precisam de professores com "pique", garra e desejo enorme de passar conhecimento, de incentivar a criatividade.

=D