segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Cultura em Movimento: Dança Afro

Mais um ano e o Cultura em Movimento retorna com pique total, onde seguimos estudando várias danças para agregar ao estilo Tribal (Brasil).

Cultura em Movimento é um projeto da Cia Lunay de João Pessoa (PB), desenvolvido por Kilma Farias em 2008, reunindo diversas oficinas de danças etnicas, visando gerar um repertório amplo de movimentos para a adaptação na Dança Tribal. 

Dançarinas da Cia Lunay, alunas e bailarinos da cidade em geral participam das oficinas que têm como objetivo estudar a movimentação, a dança, a corporeidade de diversas Culturas.

domingo, 22 de janeiro de 2012

Oficinas do projeto "Através do Espelho"

A Turma do Meio, a Fazendo Arte e a Casa de Cultura Cia da Terra convidam os interessados a participar das oficinas de contrapartida do projeto aprovado no Fundo Municipal de Cultura.

As oficinas acontecem gratuitamente entre os dias 23 e 28 de janeiro para interessados a partir dos 14 anos. O participantes não necessitam possuir experiência

Improvisação Teatral: 23 a 25 (segunda, terça e quarta) de janeiro das 9h às 12h. Ministrante: Bia Cagliani. obs.: Usar roupa confortável.

Preparação Corporal: 25 a 27(quarta, quinta e sexta) de janeiro das 14h às 17h. Ministrantes: Ali Cagliani e Lara Torrezan. obs.: Usar roupa confortável.

Vídeo Experimentação: 26 a 28 (quinta, sexta e sábado) de janeiro das 9h às 12h. Ministrante: Mariah Benaglia. obs.: Levar câmera fotográfica digital ou analógica, filmadora ou celular com câmera.

Informações:
Local: Fundação Casa de Cultura Cia. da Terra (Praça Anthenor Navarro, Casarão 15, Varadouro/Centro Histórico)
Faixa etária: a partir de 14 anos.
Contato: 99841176/88238809
Investimento: zero!

Oficinas do projeto "Através do Espelho" do grupo Turma do Meio patrocinado pelo FMC (Fundo Municipal de Cultura da Prefeitura de João Pessoa) e com apoio cultural da Fazendo Arte.
 

sábado, 21 de janeiro de 2012

Nova Turma de Dança do Ventre com Kilma Farias


Matrículas aberta para turma de Dança do Ventre com a professora Kilma Farias, no Theatro Santa Roza, em João Pessoa (PB). Início das aulas no dia 6 de Fevereiro. Garanta sua vaga! Inscrições na secretaria do teatro. Para maiores informações clique no folder

Confira o vídeo com a apresentação das alunas, e a participação de Kilma, dançando ventre.


Alguns benefícios da Dança do Ventre:

Aflora a feminilidade, desenvolve a agilidade mental, concentração, alivia o stress, enrijece a musculatura do abdômen, pernas, braços, costas e glúteos, trabalha as articulações, aumenta a flexibilidade e resistência, proporciona a reeducação postural e embeleza as praticantes.
Kilma Farias  é paraibana, iniciou seus estudos com danças orientais no ano 2000, é bailarina reconhecida Bele Fusco, professora de Ventre e Tribal com DRT, diretora da Cia Lunay, proprietária do Studio Lunay, colunista da Revista Shimmie, uma das idealizadoras do projeto Caravana Tribal Nordeste. Introduziu o Estilo Tribal em Buenos Aires /Argentina, 2006 Em 2007, foi capa do CD Nomad Club. Este ano foi atração no Spirit of The Tribes nos E.U.A. onde ministrou 2 workshops e fez diversas apresentações.

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Mini Doc. da Caravana Tribal Nordeste na Paraíba - 2011



Ficou lindo o vídeo do evento da Caravana Tribal Nordeste (CTNE) em João Pessoa (PB) 2011. A Caravana aconteceu no Estação Ciência Cabo Branco, nos dias 5 e 6 de novembro, com o patrocínio do Fundo Municipal de Cultura (FMC) e produção da Cia Lunay, com mais de 200 participantes nas oficinas, pesquisa e show. Todas as atividades oferecidas foram gratuitas. 

O projeto foi contemplado com muita alegria por todos que amam esse estilo de dança, o Tribal. Isso possibilitou a participação de grupos de todo o Nordeste e do Sudeste do país. A presença de todos e a coloboração em massa dos amigos envolvidos possibilita escrevermos juntos a história do Tribal Brasil.

Foto: Andréa Gisele
No vídeo uma das idealizadoras da Caravana, Kilma Farias da Cia Lunay (PB), agradece o apoio da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) e fala da alegria proporcionada pelo evento de poder unir vários estados do Nordeste e também pessoas de outros estados do país. “É uma alegria muito grande vê que a caravana cresceu e já esta conseguindo apoios do governo municipal, este ano em especial estamos podendo receber vários grupos de São Paulo e isso é uma grande conquista”.

Já a dançarina Bela Saffe do grupo Kairós (BA) explica que a segunda edição da Caravana foi algo produtivo e que mais uma vez o evento esta se fortalecendo. Foram cerca de 8 horas de aula, onde as pessoas puderam conhecer com mais profundidade o estilo Tribal unificando a linguagem e entendendo o processo de poder absolver o nosso estilo, nossa cultura, diante de tantas fusões possíveis.

O grupo Ulan Daban veio de São Paulo especialmente participar da CTNE-PB.  Uma das integrantes do grupo, Renata Camargo, fala o quanto foi importante o apoio do FMC e que vir a João Pessoa possibilitou um enriquecimento de trocar de informação e cultura.  

Foto: Andréa Gisele
Toda essa riqueza popular em termo de dança e de música afro-brasileira, que é bem concentrado aqui no Nordeste, nos possibilitou que nós viéssemos aqui neste evento, participar de um final de semana, aprender com quem ta mais na fonte, como a Kilma e a Cia Shaman, com pessoas que trabalham diretamente com isso” disse Renata Camargo.

A pernambucana Alê Carvalho do Aquarius Tribal Fusion (ATF – PE) agradece a oportunidade de estar ministrando aula na CTNE e frisa a importância dessa união dos estados nordestinos. “Estamos fazendo um trabalho alicerçado do que seria cultura pernambucana, a cultura paraibana, cultura baiana e da cultura de natal, tentando trazer para o tribal a grande herança que nós temos que é a cultura popular, com as danças que nascem nas praias, dentro do interior, dentro do sertão...”.

O vídeo também apresenta vários trechos de apresentações durante o espetáculo da Caravana, momentos do Workshop, Palestras, e muita descontração, com momentos fraternos e alegres. Kilma Farias relembra todas as edições da CTNE ano de 2011, nos estados de Salvador, Rio Grande do Norte e Pernambuco e ainda anuncia novos projetos, como uma “ponte” entre Brasil e Argentina.

Foto: Andréa Gisele
A diretora da Shaman Co. de Natal (RN), Cibelle Souza, elogia o apoio que a PMJP vem fazendo em relação a cultura local, e deseja que esta contribuição sirva de exemplo também para outros estados do Brasil. “Cada passo que a gente der seja um passo para ajudar a arte um pouco mais. Eu acredito que a gente conseguiu grandes avanços, eu fico muito feliz de ter participado e ter contribuído de alguma forma para isso ter acontecido”.

Lembrando que a Edição Paraíba da Caravana Tribal Nordeste que aconteceu nos dias 5 e 6 de Novembro de 2011, no Estação Ciência Cabo Branco, em João Pessoa-PB, com produção da Cia Lunay e patrocínio do FMC (PMJP) e Studio Lunay.

quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

Menu - DOC: Tribal Brasil, Construindo um Estilo de Dança

Para as pessoas que estão ansiosas para ver o vídeo na internet, eu ainda não liberei, mas o Menu do vídeo já está disponível.


Ficaram querendo ver mais, né!? E eu fiquei querendo produzir mais coisas relacionado ao tema!


Em breve vídeos que não fizeram parte do documentário, por questões de tempo (duração). mas que serão sessões especiais aqui no blog!


Aguardem...


Ps: um obrigada especial para Cadu Vieira que me ajudou em várias etapas do documentário, uma delas foi o Menu! :)