segunda-feira, 27 de maio de 2013

Tribal Fusion Experience

Como não tínhamos abordado apenas o tema "Tribal" aqui no blog, e como a partir de agora vamos por essa maria fumaça para funcionar, vamos começar do início, que tal?

Muito se fala e se conceitua sobre o Tribal (e Tribal Fusion), mas um dos conceitos muito bem colocados achei no homepage do Campo das Tribos, e vou usar ele pra construção dessa postagem.

"O Tribal Fusion é um estilo de dança relativamente novo que tem sua origem no ATS® (American Tribal Style®), importando desse a postura orgulhosa, o estilo dos trajes e o repertório de passos (ás vezes modificado e estilizado para o Fusion). Esse estilo de fusão também é composto pelas diversas Danças Étnicas que compõem o ATS®, entre elas o Flamenco e a Dança Clássica Indiana, mantendo sempre a Dança do Ventre como base principal."

American Tribal Style 
Fat Chance Bellydance

"Além da influência do ATS®, o Tribal Fusion tem também diversas influências ocidentais trazidas pelas bailarinas que desenvolveram e ainda desenvolvem o estilo, utilizando técnicas do Breakdance – o locking e o popping – e também do Jazz Dance, Dança Contemporânea e do Ballet, entre muitas outras danças. Nesse estilo as bailarinas podem dançar em grupo com coreografia ou em performances solo, coisa que não existe no ATS®. As músicas variam do clássico egípcio às músicas ocidentais modernas (mixadas, cantadas ou não, com batida de hip hop, rock, pop, etc, não existem regras para as músicas utilizadas).
Esse estilo surgiu quando algumas bailarinas do Fat Chance Bellydance® deixaram o grupo e começaram a criar novos estilos de apresentações, com músicas variadas e figurinos personalizados, que atendessem às suas demandas pessoais. Uma pioneira no Tribal Fusion é Jill Parker, ex-integrante do FCBD®, ela é considerada a “mãe” do Tribal Fusion já que ela e seu grupo, o Ultra Gypsy, estiveram a frente na produção dessas performances inovadoras."

Jill Parker

"[...]Ao classificar uma performance como Tribal Fusion devemos ter sempre muito cuidado, mantendo em mente que esse é um estilo novo, constantemente adaptado e modificado pelas dançarinas que o praticam e mesmo pelas próprias dançarinas que o “criaram”, e devemos também lembrar que para ser considerado como Tribal Fusion uma coreografia deve conter elementos do ATS® fusionados com elementos de outras danças, tendo sempre como base a Dança do Ventre.
Concluindo, o Tribal nasceu da necessidade das bailarinas de mostrarem o seu próprio estilo, a sua própria personalidade na forma como dançam, utilizando o repertório de passos de danças diversas – dentro do que cada bailarina se dedicou a estudar –, portanto, ao iniciar seus estudos sobre Tribal Fusion procure não basear-se nessa ou naquela bailarina renomada, procure não copiar passos nem figurinos ou performances porque para cada bailarina tudo isso tem um significado especial."


O texto citado está na íntegra aqui

No Brasil o Tribal Fusion ainda é "desconhecido" mas muito se faz para que este desconhecimento diminua e é uma honra tentar ajudar mesmo ainda tão recente no meio ainda na condição de estudante e eterna admiradora. 

Vejo vocês nas próximas postagens.

Lia

terça-feira, 21 de maio de 2013

VideoDança 'Lua Nova' é classificada para o Dança em Foco 2013


A VideoDança Lua Nova, produzida pelo ContémDança2.0, foi classificada para o Dança em Foco 2013 e fará parte da Mostra Internacional de VideoDança, que está prevista para o segundo semestre, no Rio de Janeiro, e seguirá por outras cidades.


Lua Nova tem direção, imagens e edição de Guilherme Shulze; interpretação, coreografia e figurino de Kilma Farias; músicas de João Cassiano Silva e Dirk Markham e produção de Joelma ferreira, Ismália Sales e Yluska Gaião.

Confira o vídeo:



Fonte: ContemDança2 

domingo, 19 de maio de 2013

Caravana Tribal Nordeste (PE) #2013


Caravana Tribal Nordeste, dia 5 de julho em Recife (PE).

O workshop de Kilma Farias (PB) será: Leitura Musical e Contemporaneidade no Tribal. 
Abordagem das possibilidades do corpo e do espaço dentro da técnica do Tribal Fusion, tendo como base o estudo do livro "The Art of Making Dances" de Doris Humphrey. Entendimento de leitura musical e suas implicações (fundamentação). Estudo de sequência coreográfica e estímulo à produção individual.

Em breve mais informações.

Conheça o Site do Axial - Cia Lunay


O espetáculo Axial está estruturado em sete cenas que retratam a dicotomia sagrado-profano, oriente-ocidente, resistência-entrega. É um mergulho nas raízes das danças brasileiras sob a perspectiva da dança Tribal, recebendo influências dos povos africanos e berberes. Este é o estilo chamado de Tribal Brasil.

Clique aqui para acessar o site: AXIAL

DVD Tribal: Brasil & Fusion e revista Shimmie Especial Tribal


Super-promoção da Shimmie: DVD + revista Especial Tribal por apenas R$ 39,00 com frete grátis!! Por tempo limitado.

O DVD Tribal: Brasil & Fusion aborda método de Tribal Brasil, desenvolvido por Kilma Farias e seu grupo, Lunay, assim como o Tribal Fusion numa leitura contemporânea, entendendo tempo, espaço, intenções, fluência e visualizando trajetórias dos movimentos em relação ao corpo e o espaço. temas como isolamentos, transferências musculares, sobreposições de movimentos e níveis são desenvolvidos tendo como vocabulário o Tribal Brasil e o Tribal Fusion.

Produção da Shimmie - SP.